23/06/2017

Avião que levava Gilmar Mendes ao Pará sofre pane e volta a Brasília


O avião em que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes viajava na noite desta quinta-feira sofreu uma pane e retornou a Brasília. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estava numa aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), que voltou ao aeroporto de partida assim que a falha técnica foi identificada.

De acordo com a Força Aérea, a segunça dos passageiros não foi comprometida "em nenhum momento" da operação. Os pilotos realizaram os procedimentos previstos e, por precaução, pousaram de volta em Brasília, diz a nota. 

A FAB não detalhou a pane. O avião saiu da capital federal às 18h45m com destino a Belém, no Pará, onde Gilmar Mendes visitaria o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado. Por conta da falha técnica, a aeronave retornou e tocou o chão em Brasília às 19h45m. 

Gilmar Mendes passou o susto no ar pouco depois da suspensão da análise do plenário do STF se o ministro Edson Fachin continuaria relator da delação dos donos da JBS na Operação Lava-Jato e se as delações premiadas dos irmãos Batista teriam as regras mantidas. 

Durante o julgamento, Gilmar se desentendeu com o ministro Luis Roberto Barroso e chegou a deixar o plenário por algum tempo. 

A sessão será retomada na próxima quarta-feira, com placar em 7 a 0 em favor de Fachin e da manutenção dos acordos de colaborações premiadas dos donos da JBS. 

Leia a nota da FAB na íntegra: 
O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informa que uma aeronave da Força Aérea Brasileira decolou de Brasília nesta quinta-feira (22/06), às 18h45, e no decorrer do voo apresentou uma falha técnica. Os pilotos realizaram os procedimentos previstos e, por precaução, retornaram à Capital Federal. Em nenhum momento a segurança dos passageiros foi comprometida e o pouso ocorreu às 19h45 na Ala 1, em Brasília.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta