26/05/2017

Polícia prende suspeitos de roubo milionário na Servi-San

Operação Brasil Central cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão no Piauí e MA



A Secretaria de Segurança Pública do Piauí, por meio das Polícias Civil e Militar, em ação integrada com apoio da Polícia Rodoviária FederaI e Polícias Civil e Militar do Maranhão, realizou desde esta quinta-feira (25/05) a Operação Brasil Mais Seguro e entre os presos estariam envolvidos no roubo a empresa de segurança Servi-San, em dezembro do ano passado, onde mais de R$ 15 milhões foram levados.

A 4ª fase da operação foi realizada por um pacto de segurança firmado com 16 estados e visa prevenir e repreender atuações criminosas, combatendo especialmente crimes de furtos, roubos e explosões contra instituições financeiras. Cerca de 150 policiais civis, militares e rodoviários federais participam da operação, percorrendo toda capital, realizando barreiras e abordagens de motocicletas e veículos em todas as zonas de Teresina, principalmente nas pontes que ligam o Piauí e o Maranhão.

Durante a operação foram cumpridos mandados de prisão, de busca e apreensão, entre eles os envolvidos na empresa de segurança. Nove prisões no total foram realizadas, uma delas no Maranhão. Outros três envolvidos no roubo ainda estão foragidos.

Quadrilha leva R$ 15 milhões da Servi-San após sequestro // LEIA MAIS
Cerca de R$ 15 milhões foi levado da sede da Servi-San em Teresina no dia 11 de dezembro de 2016. Pelo menos 20 criminosos participaram da ação e o inspetor geral da segurança da empresa, Raimundo Nonato Cruz, o Cruz, foi sequestrado junto com a família na noite, levado para uma chácara e no dia seguinte obrigado a entrar na sede da Servi-San, na avenida Miguel Rosa. Os criminosos renderam funcionários que estavam no local e levaram o dinheiro dos cofres.

Fonte: 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta