08/05/2017

Moradores de Uruçuí fazem caminhada pela Paz, após barbárie


Portal de Uruçui 

Vestidos de branco, moradores de Uruçuí fizeram uma caminhada neste domingo (07) pedindo paz. O evento foi realizado quatro dias após, o jovem Flaviano da Silva Marinho, de 19 anos, ser brutalmente assassinado e sua namorada grávida de cinco meses ser estuprada. Os suspeitos são três adolescentes de 16 e 13 anos. 

Com cartazes e faixas "Uruçuí Quer Paz" e "Não queremos vingança. Queremos Justiça" os manifestantes se reuniram na praça Luís Leite em frente a câmara dos vereadores e percorreram a avenida José Cavalcante até a Igreja Matriz São Sebastião, na praça Sebastião Leal. 

Os participantes também levaram mensagens de apoio aos familiares do jovem Flaviano Marinho, que participou do ato. Uma amiga da vítima leu uma mensagem e depois rezaram o Pai Nosso. Um carro de som acompanhou todo o percurso. 


Portal de Uruçui 

Os familiares de Flaviano agradeceram a presença dos populares que se uniram a eles na manifestação. 

Entenda o caso 
Flaviano Marinho e sua namorada de 15 anos, grávida de cinco meses, estavam passando pela ponte que liga Uruçuí a Benedito Leite-MA, quando foram surpreendidos por três adolescentes. Dois deles teriam estuprado a garota na frente do namorado e depois o teriam amarrado com a própria camisa em uma árvore e cortaram seu pescoço. A cena foi vista pela menina. O corpo de Flaviano foi jogado no rio Parnaíba e encontrado no dia seguinte. Os três adolescentes foram apreendidos horas depois e confessaram. Eles foram transferidos para Teresina, na última sexta-feira(05), onde devem permanecer até o julgamento que será realizado pela comarca de Uruçuí. A garota passou por exames e o bebê não teria sido atingido pela violência. 

Com informações do Portal de Uruçui
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta