26/05/2017

Menor de 15 anos confessa ter matado taxista em Parnaíba

Delegado Eduardo Aquino investigou o caso. (Crédito: João Júnior / Rede Meio Norte)

Policiais Civis da Delegacia de Homicídios de Parnaíba, sob o comando do delegado Eduardo Aquino, apreenderam na tarde desta quinta-feira (25/05) um adolescente de 15 anos de idade acusado de matar o taxista Francisco Bernevaldo e Sousa, de 72 anos, no dia 05 de abril deste ano na avenida São Sebastião, em frente a Universidade Federal do Piauí.

Segundo informações da polícia, o acusado foi localizado em casa na rua Major Análio, bairro Ceará, e confessou o crime. Após a morte do taxista, um menor foi conduzido para a Central de Flagrantes e chegou a ser considerado suspeito. O adolescente apreendido nesta quinta-feira é outro e teria agido na companhia de um maior de idade.

“Foram 45 dias de investigação para que hoje pudéssemos elucidar definitivamente o caso desse taxista. Ele já confessou ter participação no latrocínio e aqui na delegacia iremos apurar com o próprio menor para fecharmos a dinâmica do crime. Ainda não tínhamos a real motivação, mas com a apreensão desse adolescente concluímos que o interesse dos criminosos era realmente roubar”, disse Eduardo Aquino.

O segundo envolvido permanece foragido. Também nesta quinta-feira (25), os investigadores da Delegacia de Homicídios de Parnaíba apreenderam o celular da vítima que havia sido roubado e vendido no mesmo dia do crime para um lanterneiro pelo valor de R$ 550,00 (quinhentos e cinquenta reais). O receptador foi conduzido para a Central de Flagrantes e após ser ouvido foi liberado pelo delegado Rodrigo Mello Marinho.

“O que a gente verificou na situação como um todo é que o lanterneiro agiu de boa-fé, principalmente pelo fato do valor pago pelo celular ter sido quase equivalente ao preço de mercado de um aparelho novo. Por conta disso, decidimos liberá-lo e juntamente com o delegado Eduardo Aquino iremos autuar ou não pela receptação culposa”, explicou Rodrigo Mello, que está de plantão na Central de Flagrantes.

Na manhã desta sexta-feira (26) está agendada uma coletiva de imprensa no Complexo de Polícia Civil de Parnaíba. Na oportunidade os investigadores irão repassar mais informações a respeito do latrocínio do taxista.


Crime foi registrado no final da tarde de dia 05 de abril deste ano. (Crédito: João Júnior / Rede Meio Norte)

Requintes de crueldade

O taxista Francisco Bernevaldo foi morto com 15 facadas, segundo a Perícia Criminal.Dentro do carro modelo Siena de cor branca, com placas PIV-0722 de Parnaíba (PI), muito sangue manchava os bancos, o que possivelmente pode evidenciar que houve uma luta corporal antes da execução. Segundo informações, o idoso era um dos mais antigos na profissão no litoral do Piauí e fazia ponto na Praça da Graça, centro da cidade.


Vítima do latrocínio era um dos taxistas mais antigos de Parnaíba. (Crédito: Arquivo Pessoal)

Fonte: Portal MN/Por Kairo Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta