31/05/2017

Deputado Dr. Hélio é recebido por Mão Santa e falam de reformas para o Mercado da Rua Caramuru


O deputado estadual Dr. Hélio Oliveira foi recebido ontem pelo prefeito Mão Santa para tratativas a respeito das intervenções que o governo do Estado pretende implementar no mercado da Rua Caramuru. Segundo Dr. Hélio, trata-se de um projeto do arquiteto parnaibano Francisco Costa, orçado em quase 9 milhões de reais, para cuja execução o governo teria licitado apenas parte deste valor. 

Mão Santa reluta em oficializar a parceria do município com o governo do Estado por não ter a certeza de que os recursos seriam transferidos em sua totalidade para a prefeitura. “Dizem que o Estado só tem 4 milhões e o município não tem como complementar. E quem garante que vão terminar a obra?”- indaga o prefeito. 


Diante dos argumentos do prefeito o deputado Dr. Hélio colocou-o para falar com o governador Wellington Dias pelo telefone, ocasião em que o prefeito aproveitou para listar 13 pedidos de obras para o governador, como: a conclusão da pista de acesso à Pedra do Sal, retorno da Academia de Polícia, conclusão da estrada rumo à Lagoa do Portinho, pela Avenida São Sebastião (iniciada no governo de Zé Filho), reforma da ponte Simplício Dias, dentre outras. 

“Acho que o governo tem que trabalhar pelo município. Eu tenho a garantia do governador que ele vai fazer a obra do mercado. Nenhum governo faz uma obra aos olhos de todos sem terminar”, comentou o deputado, que prometeu agendar uma entrevista com o governador onde os dois poderão conversar pessoalmente sobre o assunto. 

A secretária de infraestrutura, Maria das Graças, também tem o mesmo pensamento do prefeito Mão Santa, com relação a iniciar a obra sem a certeza da conclusão. ”Onde vamos colocar as famílias que trabalham naquele mercado? Vamos desalojá-los por quanto tempo? E se as obras não forem concluídas no prazo determinado?”- questiona a secretária, confirmando que a Prefeitura tem um projeto para promover uma intervenção naquele mercado, por um orçamento bem menor, cujas alterações ocorrerão em comum acordo e acatando a sugestão de quem trabalha na local.

ASCOM - PMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google