10/04/2017

Tonet protege Fabiano e fica feliz com banco farto: "Faz elenco ser campeão"

Técnico comemora vitória sobre o Picos construída com substituições. Questionado sobre rendimento do camisa 9, treinador defende: "Taticamente é um grande jogador" 

Fernando Tonet elogia elenco à disposição 
(Foto: Didupaparazzo )
Do banco, saiu a vitória do Parnahyba na noite deste sábado, no estádio Pedro Alelaf, pela terceira rodada do returno do Campeonato Piauiense. Yerien, Dênis e Doda Maranhão – trinca de substituições do técnico Fernando Tonet no segundo tempo – foram os responsáveis pela vitória azulina por 2 a 0 sobre o Picos. Doda, aos 23, e Dênis, nos acréscimos, marcaram para a alegria do treinador do Tubarão, que falou da felicidade de ter um grupo com opções no estadual. 

- O que me deixa feliz é que mesmo em uma apresentação não tão boa, a gente tem qualidade no elenco para melhorar. O bom é ter vários jogadores com condições para serem titulares. Doda, Yerien, Dênis... assim a gente forma um elenco para ser campeão estadual. Todos eles estão pedindo passagem para serem titular. Isso é ter elenco, necessidade de mudar resultado quando a gente precisa. Estou muito feliz por isso – comemorou Tonet, em entrevista à Rádio Cidade FM. 


Tonet ainda defendeu Fabiano de críticas ao ser questionado sobre a fase em branco do goleador no estadual. Para Tonet, o camisa 9 é peça importante na formação do time.

- Fabiano é um grande jogador, não faz gols, não passa uma boa fase, mas é muito bom taticamente. E respondo uma pergunta, mesmo vocês não fazendo. Porque ele ainda joga? Taticamente é um grande jogador, ajuda na bola parada, tem bom cabeceio, toque de bola. Se fosse só por falta de gols, teria mudado já – argumentou. 

O técnico manteve a mesma formação usada nos duelos anteriores, a diferença foi a entrada de Berg no lugar do lateral Siderval, que cumpriu suspensão. No mais, a zaga contou com Gilmar Bahia e Renan; Tiago Granja na lateral; o meio com Ramon, Gasolina e Dunga; o ataque com Tininho, Jânio Daniel e Fabiano. Lento no primeiro tempo, o Parnahyba não finalizou uma vez – o que forçou uma mudança na volta do intervalo: saiu Gasolina, entrou Doda. O time, contudo, só veio melhorar com a entrada do nigeriano Yerien, que trouxe mais velocidade, desequilíbrio ao rival e mudou a história do duelo. 

Fabiano recebe elogios do técnico, que o defende de críticas por não marcar (Foto: Didupaparazzo )

- Importante a vitória, em um jogo difícil, onde a equipe do Picos tinha a pressão muito grande pelo resultado. Falei para eles que o time deveriam explorar isso. O primeiro tempo foi horrível, muito ruim, tanto da nossa parte como a do Picos. A gente entrou no jogo deles, chutão da defesa para o ataque. A gente queria resolver o jogo dessa forma, e os jogadores comentaram sobre o campo. Insisti e cobrei para colocar a bola no chão com velocidade nos lados, foi assim que saíram os gols – descreveu Tonet, ressaltando as mexidas. 

- A gente vem jogando assim desde a primeira rodada, com o tempo foram chegando mais jogadores para reforçar. Isso é ter equipe, ter jogadores que podem mudar quando a gente não consegue definir no primeiro tempo – disse. 

Com a vitória, o Parnahyba foi a quatro pontos. Na quarta-feira, o time vai a Teresina para enfrentar o Piauí, no Lindolfo Monteiro, em Teresina. 

Parnahyba x Picos, Campeonato Piauiense (Foto: Didupaparazzo )

Fonte: GloboEsporte.com Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta