13/03/2017

Via sacra 2017 de Parnaíba será unificada


A convite do prefeito Mão Santa e do superintendente de Cultura, Teófilo Lima, diretores e representantes da via sacra da Paróquia de São Sebastião, São Francisco da Guarita, São Judas Tadeu e do Carpina, estiveram nesta manhã de segunda-feira (13) no gabinete do poder executivo municipal para tratarem do espetáculo religioso deste ano. 


Em 2016, o evento da Paróquia de São Sebastião, o maior da cidade, foi cancelado por falta de investimento do município. No entanto, a administração Mão Santa, irá garantir o retorno do espetáculo que já é tradição na cidade. O prefeito destacou o belo espetáculo de Nova Jerusalém, em Pernambuco, a maior via sacra a céu aberto do País, a qual ele já assistiu duas vezes, e incentivou o grupo presente a expandir a atração, a fim de torná-la tão grandiosa ao ponto de ser uma referência em todo o Estado e fora dele. Para isso, Mão Santa sugeriu que os grupos unificassem os eventos, a fim de que façam uma única apresentação, bem maior e imponente. 

O diretor da via sacra da Paróquia de São Sebastião, Juarez Fontenele, disse que há mais de seis anos eles estudam essa possibilidade, inclusive com pretensões de fazer um evento a nível regional. No entanto, devido a brevidade do tempo, eles poderiam encontrar complicações ao tentar juntar todas as equipes. Como alternativa a esse impasse, Teófilo Lima e alguns diretores deram a ideia de cada comunidade ficar responsável por uma ou duas cenas. Dessa forma, foi decidido pela unificação, sendo que cada grupo irá ensaiar com seus atores nos seus próprios bairros e próximo ao dia da encenação, eles se reunirão para o ensaio geral. 


Pelo novo modelo que ficou definido, o evento se estenderá, pois na sexta-feira da paixão, cada comunidade realizará seu espetáculo, como de costume e no Domingo de Aleluia, dia 16 de abril, acontecerá o grande espetáculo geral. A via sacra de domingo será ao lado da Paróquia de São Sebastião e trará uma nova proposta ao focar na ressurreição de Cristo. 


“O mais importante da entrega de Cristo foi que ele ressuscitou. A sua ressurreição é mais importante que a sua morte e é essa mensagem que o espetáculo levará ao público nesse período tão importante do ano. O município dará o apoio financeiro e logístico para que os grupos possam tornar a via sacra deste ano uma realidade e um evento bem grandioso”, afirmou o superintendente de Cultura. 


O diretor geral do evento, Francisco Chagah, disse que a unificação da Via Sacra de Parnaíba é sonho antigo que agora se tornará realidade. “No ano de 2000, já havia tentado fazer um único evento, mas não foi possível. No entanto, agora a prefeitura tomou a iniciativa de nos convidar e sugerir a unificação, foi ótimo. Após a reunião com o prefeito continuamos conversando com o Teófilo e com o grupo e já estamos com os planos bem avançados”, afirmou Chagah.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta