10/03/2017

Obra do Matadouro Público de Parnaíba é retomada e deverá ser concluída em dois meses

Processo de acabamento dos galpões começou nesta segunda-feira (06)

Após mais de 10 anos de entrave, com inúmeras promessas não cumpridas pelo ex-prefeito Florentino Neto e constantes cobranças do Ministério Público contra a gestão passada, as obras do Matadouro Público de Parnaíba finalmente foram retomadas e agora será de fato concluída pela administração Mão Santa. Operários contratados pela empresa HM Construções e Serviços trabalham a todo vapor e a previsão é que o Matadouro seja entregue para a população dentro de dois meses.

Já foram concluídas as lagoas de estabilização que irão interligar toda a parte que sai do esgotamento do bebedouro, atendendo dessa forma as exigências da vigilância ambiental. A etapa de acabamento dos galpões como casa de sal, caldeira e graxaria já tiveram início com a implantação dos azulejos nas paredes. O próximo passo será fazer a energização, bem como a ligação do abatedouro com a caldeira. Paralelamente, equipes focam na sinalização dos seis currais do Matadouro.

Metalúrgica foi improvisada no local para facilitar parte dos trabalhos


O engenheiro da obra Juscelindo Artival, explica que atualmente trabalham 11 pessoas na obra e na próxima semana serão iniciados os trabalhos externos, quando a equipe de funcionários dobrará de quantidade. Para otimizar os trabalhos, uma pequena metalúrgica foi montada em um dos galpões para construção das peças de alumínio e ferro, facilitando dessa forma uma boa etapa do processo.

“Uma boa parte dos equipamentos já foi adquirida, agora estamos licitando novos bens e assim que a compra for aprovada já vamos instalá-los. Temos três lagoas de estabilização e a obra do Matadouro Público de Parnaíba segue todos os critérios do Plano de Controle Ambiental. O prefeito Mão Santa tem pressa em entregar o Matadouro para os parnaibanos, pois essa obra já deveria ter sido concluída há muito tempo”, disse o engenheiro.

Currais

Lagoas de estabilização que irão armazenar a água tratada oriunda do Matadouro

O Matadouro terá capacidade para abater diariamente cerca de 60 cabeças de gado, fora caprinos, ovinos e suínos. A entrega do Matadouro é uma necessidade latente da população, pois assim poderá ser garantida a oferta de carnes devidamente inspecionadas e com todo o controle de qualidade. Além de toda a região norte do Piauí, o local também poderá atender parte do município de Araioses, MA. 

O Matadouro de Parnaíba é uma obra solicitada para a região através de uma emenda do orçamento do então deputado federal Antônio José de Moraes Sousa, com recursos do Governo Federal e contrapartida da Prefeitura de Parnaíba. 

Ascom / PMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta