14/03/2017

Mão Santa leva ao Ministro do Turismo projeto para beneficiar comerciantes da Pedra do Sal


O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, voltou de Brasília sexta feira última, entusiasmado com a recepção que teve, da parte da maioria dos parlamentares do Piauí, que o conduziam não só para audiências com o Ministro da Saúde, deputado Ricardo Barros, como também ao Ministro do Turismo, Marx Beltrão, o qual é afilhado político do Senador Renan Calheiros, do PMDB, “que conviveu conosco quando éramos Senadores da República”, disse. 

Mão Santa falou também que esteve com o presidente da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde), o piauiense Henrique Pires, de quem cobrou o andamento dos projetos por ele entregues ao presidente Michel Temer, quando esteve em Brasília sendo recepcionado como o primeiro prefeito eleito do país a ser recebido pelo presidente da República. 


“Renovamos o andamento dos projetos e vamos continuar cobrando nossas reivindicações, inclusive quanto aos projetos encaminhados à própria FUNASA, no que diz respeito ao saneamento básico e abastecimento de água para a zona rural do município. O que podemos adiantar é que existem avanços significativos e a nossa confiança de que vamos acabar com essa vergonha do povo ser abastecido com água para beber através de carros pipa, quando Parnaíba está entre dois rios”, comentou o prefeito. 

Projeto Pedra do Sal 
Preocupado com a situação de falência em que se encontram os comerciantes da região da Praia da Pedra do Sal, com as dificuldades de acesso ao local, Mão Santa disse que levou ao Ministério do Turismo um projeto, de autoria do parnaibano Thote Ibiapina, para a construção de 20 bangalôs. “O Ministro ficou entusiasmado com o projeto e disse que vai cuidar para liberar recursos para sua execução”, o que será muito importante, se o Governo do Estado concluir a estrada, como nos foi prometido pela vice-governadora Margareth Coelho”, destacou. 

Readequação da UPA 
Quanto à readequação da UPA 24 horas, no bairro Piauí, concebida inicialmente para o porte III, o Ministro autorizou sua transformação para o porte II, liberando também mais médicos, através do PROVAB – Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica, o que “ajuda muito a minimizar os problemas da saúde em Parnaíba”, disse. Também foram liberados recursos de uma emenda do deputado Átila Lira, para o saúde. 

Ao falar da inviabilidade da UPA tipo III, que a gestão passada não conseguiu concluir, Mão Santa disse que, além de todos os outros problemas deixados pelo ex-prefeito Florentino, ficou também um débito junto à construtora, algo em torno de 600 mil reais, que foi negociado, será parcelado para que a empresa volte a trabalhar no prédio, concluí-lo, para, enfim, o município colocar em funcionamento.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta